30 de dez de 2011

29 de dez de 2011

Exercício de poema dadaísta.


(Pegue um jornal, pegue a tesoura, escolha no jornal um artigo do tamanho que você deseja dar a seu poema, recorte o artigo, recorte em seguida com atenção algumas palavras que formam esse artigo e meta-as num saco, agite suavemente, tire em seguida cada pedaço um após o outro, copie conscienciosamente na ordem em que elas são tiradas do saco, o poema se parecerá com você, e ei-lo um escritor infinitamente original e de uma sensibilidade graciosa, ainda que incompreendido do público - por Tristan Tzara.)

14 de dez de 2011

Bóson de Higgs.

"Apesar dos avanços na pesquisa científica, ainda conhecemos uma fração do funcionamento do universo. O alerta é do italiano Guido Tonelli, um dos dois líderes do projeto Compact Muon Solenoid (CMS), do Cern, que busca o bóson de Higgs e envolve 3 mil cientistas.

[...]
Tonelli - As pessoas acham que, por termos tantos aparelhos novos, estamos dominando todo o conhecimento. Mas não sabemos nada. A vantagem de ser cientistas é que sabemos o tamanho da ignorância da humanidade. Se encontrarmos o bóson de Higgs um dia, teremos desvendado apenas 4% do universo.
"



Adoro estudos que comprovam cada vez mais o quanto não sabemos de nada.

13 de dez de 2011

Paulo Bruscky.

O GOVERNO – Brasileiro Adverte: Trabalhar, Estudar, Comer, Habitar, Ter Saúde e Viver, é Prejudicial ao Povo.

VENDE-SE – O Projeto de uma máquina de filmar sonhos com filmes (preto e branco ou colorido) sonorizada, marca Bruscky. Assista seus sonhos tomando café da manhã.

MÁQUINA TRADUTORA - Vendo da linguagem dos bebês e dos animais.

ARTE PAISAGEM: SAUDADE não é apenas um bairro em Belo Horizonte, é uma proposta, um sentimento, é arte.

12 de dez de 2011

Tempos de vazio.

Percebo sintomas de angústia ao meu redor e também pelo lado de dentro. Sinto medo de perder o que nem sequer é meu. Talvez seja só o medo do que eu posso me tornar.

Um universo em expansão que ainda não compreendemos. Que ainda não faz sentido.
Angústia é quando a alma dá um nó.



Nada que valha alguma coisa pode vir de um ser desunido.
K. Mansfield