10 de ago de 2008



é um pouco triste quando te olho e não sei mais o que sinto, e quando o que tu dizes já não me faz sentido. quando as palavras que vêm de ti para me serem bonitas, me fazem olhar pelo vidro do carro uma folha caída no chão e achá-la linda. talvez isso seja o amor. talvez essa forma de achar tudo mais bonito que tu, e mesmo assim sentir prazer em estar contigo mais do que todos eles lá fora. eles caminham pelas calçadas olhando sempre pra frente enquanto você faz música, prestando atenção em todos os cantos - e digo cantos, em todos os sentidos. por isso tu és mais lindo que todos eles lá fora.

mas tem dias que te odeio mais do que eles todos e talvez isso seja o amor de verdade.

5 comentários:

C. disse...

"mas tem dias que te odeio mais do que eles todos e talvez isso seja o amor de verdade."

Ai..
hahahaha
adoro pisca-pisca, acho kitsch demais! :D

C. disse...

A clarissa? Digamos que é um sonho real sim. Uma amiga, uma doce menina. Dessas que encontramos só uma vez, sabe?

castalia disse...

te achei por aqui.

castalia.

geheimnis disse...

eu te entendo.

Adorável Julia disse...

Verotina é para todo o mal! =P