27 de mar de 2010

Lar.


Home is where the heart is.




Mesmo que me digam que é só o início, sei que algo chega ao fim.
A espera também alimenta a alma.
Agora, não espero mais nada.
Nem ninguém.

2 comentários:

L.S. disse...

A infinita espera por algo. Aquele algo que não consegue se desprender.

Rafael Munduruca disse...

hey... suas fotos são ótimas.
arrumei os créditos bonitinho no site. bom saber que você teve acesso ao blog. parabéns pelos trabalhos (fotos, vídeos, atuação!).. tens twitter? bjo